Você é um microempreendedor e adquiriu recentemente uma maquininha de cartão. Prepare-se para entender as taxas que podem ser cobradas e não ter prejuízo.

As maquininhas de cartão possuem a cobrança de tarifas de mensalidade e outras taxas, como de débito e de crédito, que são cobradas em cima das compras realizadas na sua loja.

Enquanto que o valor do aluguel da máquina é fixo, as tarifas podem variar e fazer você se perder nas contas, ao final de tudo, quando o seu dinheiro cai na conta.

Mas aí você se lembra de que existem outras despesas como pagamento de funcionários, contas de água e energia e internet. Outros custos que são influenciados de acordo com o que você recebe dos seus clientes. Sem esquecer do seu lucro, é claro.

Saiba calcular o custo da sua maquininha de cartão

Quando se tem um negócio, é fundamental que você dê um preço aos seus produtos e serviços. Ao utilizar uma maquininha de cartão, você precisa levar em consideração os custos dela também.

Portanto, se você cobra x num produto à vista, no cartão esse mesmo produto precisa custar x+2, que é hipoteticamente o valor que será cobrado de você por causa da utilização da maquininha de cartão. Ou seja, cada vez que alguém faz uma compra no crédito ou no débito, você pagará taxas de utilização. Por isso, você deverá conhecer bem essas taxas para não se sentir lesado.

Existem alguns cursos na internet para empreendedores descobrirem como lidar com essas taxas e adicionar os valores corretos aos seus produtos, sem correrem o risco de terem prejuízo.

Maquininha de cartão: taxas aplicadas na compra

Como já dissemos, as empresas das maquininhas costumam cobrar uma porcentagem por cada venda. A primeira vista, esse valor parece ser pequeno, mas na soma de todas as compras, o valor se torna maior do que você esperava.

Por isso, é importante que você, como empreendedor já saiba disso e se antecipe. Coloque um valor acrescido ao seu produto. Outra opção é que você escolha uma maquininha de cartão que tenha um bom custo benefício, com taxas mais reduzidas para repassar ao seu cliente. Por isso é importante que você pesquise bastante.

Maquininha de cartão: aluguel e taxa de adesão

Pode acontecer de você pagar um valor único para adquirir a sua máquina e ter manutenção, ou um valor fixo para a cobrança do aluguel. Não são todas as maquininhas que exigem esse pagamento adicional.

Então, faça uma pesquisa de mercado e procure por um equipamento que não tenha cobrança de aluguel, ou então, em último caso, que essa cobrança seja mínima. Assim você irá reduzir custos e ter um rendimento maior.

O ideal é que você consiga equilibrar os valores dos seus produtos, para que não fiquem nem muito caros, nem muito baratos para o seu cliente. Lembre-se sempre dessas taxas no momento de precificar cada serviço seu, para que ao final do mês você tenha mais lucros do que prejuízos.